melania lima santos

Download Melania Lima Santos

Post on 13-Jul-2016

17 views

Category:

Documents

6 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Sergipe

TRANSCRIPT

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

    PR-REITORIA DE PS-GRADUAO

    PROGRAMA DE PS-GRADUAO EM LETRAS

    MELNIA LIMA SANTOS

    OS ONOMSTICOS EM DOCUMENTOS DA FREGUESIA DE SO

    CRISTVO QUANDO PERTENCENTE PROVNCIA

    ECLESISTICA DA BAHIA

    So Cristvo SE

    2015

  • MELNIA LIMA SANTOS

    OS ONOMSTICOS EM DOCUMENTOS DA FREGUESIA DE SO

    CRISTVO QUANDO PERTENCENTE PROVNCIA

    ECLESISTICA DA BAHIA

    Dissertao de mestrado apresentada ao Programa

    de Ps-Graduao em Letras da Universidade

    Federal de Sergipe para obteno do ttulo de

    mestre.

    Orientador: Prof. Dr. Jos Raimundo Galvo.

    Coorientadora: Prof Dr Maria Lenia Garcia Costa

    Carvalho.

    So Cristvo SE

    2015

  • FICHA CATALOGRFICA ELABORADA PELA BIBLIOTECA CENTRAL

    UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

    S237o

    Santos, Melnia Lima

    Os onomsticos em documentos da Freguesia de So Cristvo

    quando pertencente provncia eclesistica da Bahia / Melnia Lima

    Santos ; orientador Jos Raimundo Galvo. So Cristvo, 2015.

    122 f. : il.

    Dissertao (mestrado Profissional em Letras) Universidade

    Federal de Sergipe, 2015.

    1. Onomstica. 2. Crtica textual. 3. Parquias So Cristvo (SE). 4. Registros de batismo. 5. Ideologia. I. Galvo, Jos Raimundo. II. Ttulo.

    CDU 81373.231

  • MELNIA LIMA SANTOS

    Os onomsticos em documentos da freguesia de So Cristvo quando

    pertencente provncia eclesistica da Bahia.

    Dissertao apresentada ao Programa de Ps-Graduao em Letras, Centro de Educao de

    Cincias Humanas da Universidade Federal de Sergipe, como requisito parcial para obteno

    do ttulo de Mestre em Letras pela Comisso Julgadora composta pelos membros:

    COMISSO JULGADORA

    Prof. Dr. Jos Raimundo Galvo (UFS)

    Presidente

    Prof Dr Maria Lenia Garcia Costa Carvalho (UFS)

    Membro Interno

    Prof Dr Geralda de Oliveira Santos Lima (UFS)

    Membro Interno

    Prof. Dr. Luis Henrique Alves Gomes (IF Baiano)

    Membro Externo

    Prof. Dr. Ricardo Nascimento Abreu (UFS)

    Membro Externo

    Aprovada em: 16 de julho de 2015.

    Local de defesa: campus de So Cristvo Universidade Federal de Sergipe.

  • Dedico este trabalho minha querida av, Nolia,

    que Deus levou muito cedo do nosso convvio.

    Mas tenho certeza que se estivesse aqui, alegrar-se-

    ia comigo. Amo-te incondicionalmente!!!

  • AGRADEO

    A meu Deus, por existir e estar sempre ao meu lado, dando-me foras para superar as

    dificuldades e no me deixando desistir no meio do caminho;

    A minha famlia (pai, me, irm e namorado), por acreditar no meu pequeno potencial,

    ajudando-me nos momentos difceis, liberando-me de algumas atividades domsticas e de

    algumas responsabilidades do dia a dia;

    A meus amigos de Letras, por simplesmente fazerem parte da minha vida. Obrigada

    pelo companheirismo, dedicao, amor, brigas e por sempre acreditarem e apoiarem os meus

    sonhos;

    Aos novos amigos que conquistei nesta jornada; minha turminha de mestrado, pela

    unio, dando foras uns aos outros, no intuito de dividir o sofrimento.

    A meu orientador, prof. Jos Raimundo Galvo, pelo incentivo e pela oportunidade de

    aprender o verdadeiro significado das palavras.

    A minha querida coorientadora, prof. Maria Lenia Garcia Costa Carvalho, pela sua

    pacincia e simplicidade em ensinar, de maneira calma, os mistrios que permeiam a

    linguagem.

    Aos professores de mestrado e graduao, pelos ensinamentos das teorias lingusticas.

    Aos funcionrios do PPGL, DLEV e CESAD, por facilitarem a minha vida acadmica,

    ajudando-me sempre, na medida do possvel, e por ter passado momentos to legais ao lado

    deles.

    Aos funcionrios da Parquia Nossa Senhora da Vitria, ao Frei Rosenildo Alexandre

    de Souza, por terem possibilitado meu acesso aos documentos e, especialmente a Avani; pela

    sua disposio em atender aos meus chamados e pela troca de informaes valiosas que

    contriburam para a finalizao deste trabalho.

    Aos professores da banca de qualificao e defesa, pelas contribuies necessrias,

    para que este trabalho fosse melhorado e estivesse de acordo com as normas acadmicas.

    Aos amigos do DAA, pela fora e confiana em acreditar que esse caminho pudesse

    dar certo.

    Enfim, a todos aqueles que compartilharam comigo as dificuldades, pelo carinho

    dedicado a mim, pelos momentos de incentivo, agradeo do fundo do corao.

  • [...] o nome de pessoa [...] um manancial rico para

    conhecimento no apenas da lngua, mas tambm

    permite apreender um pouco da cultura, religio e

    at ideologia do povo que o criou em determinada

    poca, uma vez que a lngua mantm intactos nos

    nomes de pessoas as partculas mnimas de

    significao (semas), preservando os [...] aspectos

    ideolgicos, de f ou simplesmente contando a

    historia da denominao humana. (CARVALHINHOS).

  • SANTOS, Melnia Lima. Os onomsticos em documentos da freguesia de So

    Cristvo quando pertencente provncia eclesistica da Bahia. 122 f. 2015.

    Dissertao (Mestrado) Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2015.

    RESUMO

    Desde cedo, o homem sentiu necessidade de atribuir nomes s coisas, s pessoas e aos

    lugares, para organizar, controlar e recriar o mundo ao seu redor. Para que isso acontea, ele

    recorre ao lxico, atravs do qual, desenvolve o seu sistema lingustico, culminando na

    produo de um emaranhado de vocbulos que so comuns a cada lngua. Dessa maneira, este

    estudo visa reconhecer a influncia de uma ideologia religiosa dominante na escolha dos

    antropnimos na freguesia de So Cristvo, a mais antiga do Estado de Sergipe, no perodo

    compreendido de 1883 a 1910. Para tanto, foram utilizados os livros de batizados que esto

    no arquivo da Igreja Matriz Nossa Senhora da Vitria. A metodologia se configura na

    descrio e anlise de uma quantidade considervel de manuscritos, demonstrando nos

    antropnimos em apreo que a escolha do nome do indivduo est associada a algum evento

    de cunho religioso, seja pelo santo do dia do seu nascimento, seja por um pedido de proteo.

    Os fundamentos terico-metodolgicos que embasam esta pesquisa prendem-se, por um lado,

    anlise documental, pelo vis filolgico da crtica textual, em conceitos abordados por

    Berwanger e Leal (2008), Cambraia (2005), Samara (2005), Acioli (1994), Blanco (1987),

    Spina (1970), buscando auxlio em outras cincias, como a paleografia, para a realizao da

    Edio Semidiplomtica, no intuito de reconstituir os manuscritos, mediante levantamento e

    categorizao dos nomes, facilitando a leitura e a compreenso do contedo. Por outro lado, a

    investigao permeia o campo da Onomasiologia esclarecendo a associao que o homem faz

    entre as palavras e as coisas, recorrendo, para tanto, aos ensinamentos de Bakhtin (2006),

    Carvalhinhos (2007; 2008), Fiorin (2007), Martins (1991), Dick (1997; 1998), Bourdieu

    (1989, 2004), Gurios (1981), que ajudam a compreender a forma como se processou a

    nomeao na freguesia de So Cristvo entre os perodos colonial e imperial, levando-se em

    considerao os fatos histricos revelados no corpus analisado, demonstrando a ideologia da

    Igreja Catlica, como uma estrutura de poder que exerceu forte influncia, ditando regras e

    controlando pensamentos e aes das pessoas na Capitania de Sergipe Del Rey.

    Palavras-chave: Crtica textual. Ideologia e poder simblico. Onomsticos. Registros

    paroquiais.

  • SANTOS, Melnia Lima. The onomastic in documents of the parish of Saint

    Christopher when belonging to the ecclesiastical province of Bahia. 122 f. 2015.

    Thesis (Master) Federal University of Sergipe, Aracaju, 2015.

    ABSTRACT

    Since early times, human being felt the need of naming things, people and places, in order to

    organize, control and recreate the world around him. For that to happen, he resorts to the

    lexicon, through which develops a linguistic system, culminating in the production of a tangle

    of words that are common to each language. Thus, this study has as its aim determine the

    influence of a dominant religious ideology in choosing anthroponyms in the parish of St.

    Christopher, the oldest in the state of Sergipe, in the period 1883-1910. In order to do that, we

    used the books of registries of baptism are in the Church of Our Lady of Victory. Our

    methodology is the description and analysis of a considerable amount of manuscripts,

    showing, in the anthroponyms in question, that the choice of the individual's name is

    associated with some religious nature of the event, as the day of a saint's birth or by in search

    of divine protection. The theoretical and methodological foundations that support this

    research relate, first, the documentary analysis, the philological bias of textual criticism, in

    concepts covered by Berwanger and Leal (2008) Cambraia (2005), Samara (2005), Acioli

    (1994), Blanco (1987), Spina (1970), seeking assistance in other sciences, such as

    paleography, to carry out the semidiplomatic edition, in order to reconstruct the manuscripts

    by survey and categorization of names, easy to read and the understanding of the content. On

    the other hand, research permeates the field of Onomasiology, clarifying the association that

    man makes between words and things, using for this purpose, the teachings of Bakhtin

    (2006), Carvalhinhos (2007; 2008), Fiorin (2007), Ma